O portal de quem ama e faz a educação confessional no Brasil  

Uma publicação

prospecta.png

Reflexão sobre ações de comunicação e marketing em tempos de pandemia

Updated: Apr 22

Tempos incertos costumam causar estranheza e confusão, o que é muito normal. Contudo, é importante que o receio não impeça uma ação estratégica da parte dos gestores educacionais no que tange ao posicionamento, comunicação e marketing da escola. Vamos debater mais profundamente esse assunto e encontrar soluções juntos?


Em situações de crise, como a que a humanidade está passando, os primeiros sentimentos que surgem são o medo e a incerteza. Até certo ponto, estes sentimentos são aceitáveis, desde que eles não paralisem o raciocínio e a capacidade de agir de forma assertiva.


A serenidade permite o fluxo da energia combativa, consciente e ágil. São os momentos de crise que separam o amador do profissional. Nesse momento, quem se planeja tendo em vista o longo prazo não se intimida com o mau tempo momentâneo. O executivo diligente, o empresário visionário, assim como um marujo que navega as ondas do mar turbulento, sobressai em meio a tempestade, até chegar a águas calmas.



TUDO MUDOU


Acredito que lembraremos, daqui a alguns anos, que a partir de 2020 nossas vidas mudaram radicalmente. Mais de que isso: que nosso comportamento foi afetado de forma radical. Não seremos mais os mesmos! Muita coisa mudará daqui para frente. Nossos hábitos de consumo, nossos relacionamentos, nossos negócios, nossa educação, nosso sistema de saúde, nossa cultura, tudo, absolutamente tudo será impactado em maior ou menor grau.


A pandemia da Covid-19 está causando inúmeros impactos para todos os setores da sociedade. Saúde, economia, ciência, cultura, política e educação talvez sejam os principais, isso sem falar nas perdas de vidas humanas, na preocupação com as populações mais carentes e nos danos que decorrerão da paralisação dos meios de produção.


Em meio a todo esse caos sem precedentes, vivemos um período de incertezas que impacta todos os indivíduos e todas as empresas. Neste cenário incerto e desafiador, há perguntas não querem calar: como ficam as empresas? Como trabalhar a imagem da empresa sem parecer oportunista? Como trabalhar ações de Comunicação e Marketing neste cenário tão desafiador?



DESAFIOS DO MARKETING NA ATUALIDADE


Ruptura, quebra de paradigmas, novo normal, mundo pós-pandemia, etc, etc, etc. Não importa a expressão, a frase, o adjetivo, o fato concreto é que nada será como antes! As empresas terão de rever seu modus operandi em todos os seus departamentos. As ações de Comunicação e Marketing mais do que nunca precisarão ser assertivas, já que os recursos terão de ser investidos com muita precisão.


Nós, que criamos campanhas de marketing, estamos acostumados a constantemente avaliarmos a mensagem, os resultados e o impacto destas ações. Também estamos sempre antenados para calcularmos os riscos e maximizarmos as oportunidades. Entretanto, mesmo para quem tem o hábito de mensurar constantemente e está acostumado com a velocidade dos canais digitais, as mudanças trazidas pela pandemia da Covid-19 têm tido uma velocidade avassaladora.


Cabe aqui uma importante reflexão: precisamos repensar sobre como marcas e instituições devem se comunicar nesse momento de crise. É um tempo de desafios – mas também de oportunidades para fidelização de clientes – de rever conteúdos, redesenhar processos de comunicação e, mais do que nunca, sair do obvio e pensar fora da caixinha como se diz!


As empresas têm de mostrar sua cara, sua personalidade! A internet possui algo que muitas organizações ignoram: memória! Depois que toda esta pandemia tiver passado, as pessoas farão o seguinte questionamento: “Qual foi a postura da sua empresa durante a pandemia? Ela não fez nada em prol da sociedade? Se omitiu? Então, com certeza, não é uma boa empresa!”



QUATRO SAÍDAS PARA UM MARKETING CONSISTENTE


Existe um velho ditado que diz que “se conselho fosse bom não se dava, se vendia”, entretanto, vou me arriscar a dar alguns conselhos aqui baseados nos meus mais de 20 anos atuando tanto como executivo e consultor quanto professor universitário, além de ser um apaixonado pelo assunto. Vamos lá:


“Conselho nº 1” - Reforce suas ações de Comunicação e Marketing!


Não caia na cilada de diminuir suas ações de Comunicação e Marketing achando que o momento não é adequado. Ele é sim! Tudo é questão de bom senso para que você não seja considerado oportunista. Na realidade, esta é uma oportunidade de ouro para ampliar bastante sua audiência. Pense comigo: as pessoas estão em casa, passando muito mais tempo online nossos negócios, nossa educação, nosso sistema de saúde, nossa cultura, tudo, absolutamente tudo será impactado em maior ou menor grau. A pandemia da Covid-19 está ne. Momento perfeito para se produzir conteúdo relevante, de qualidade, como vídeos, webnars, ebooks, etc.

Um momento de crise como este pode alavancar sua autoridade online, principalmente se sua empresa tiver a sensibilidade para entregar um conteúdo pertinente e que possa contribuir para aliviar as dificuldades das pessoas neste momento.


“Conselho nº 2” - Transforme eventos presencias em eventos online!


Grandes feiras, convenções e eventos estavam planejados para 2020 e 2021. Com exceção daqueles que ocorreram no primeiro trimestre de 2020, os outros todos ficaram inviáveis por conta do isolamento social, e sejamos francos, assim será a nossa vida enquanto não tivermos vacina para todos.


Estas feiras e conferências costumam ser fundamentais para as ações de marketing e vendas de empresas de diversos segmentos. Em algumas indústrias, por exemplo, aquelas que lidam com equipamentos de grande porte, os “tradeshows” podem responder por até 90% das vendas anuais.


Imagine as verdadeiras fortunas que são movimentadas no Marketing Esportivo em eventos como a Fórmula 1, o Super Bowl, os campeonatos de futebol no mundo todo e por aí vai! Em 2020, teríamos as Olimpíadas de Tókio que foram postergadas para 2021! Portanto, na medida do possível, reagende o evento presencial ou migre para o formato online.


“Conselho nº 3” - Use e abuse da tecnologia utilizando as ferramentas de Analytics para entender melhor seu público alvo.


Já que as pessoas estão em casa passando muitas horas na Internet, nada melhor do que usar as ferramentas digitais para se medir gostos, tendências, comentários e fazer uma infinidade de análises sobre o comportamento do consumidor.

Existe uma grande quantidade de métricas e técnicas para se qualificar um lead e trabalhar sua base de clientes fidelizando e rentabilizando os mesmos.


“Conselho nº 4” - Tente contribuir com a sociedade na luta contra a Covid-19


São inúmeras as empresas que vêm se destacando positivamente no combate ao novo coronavírus. Existe uma infinidade de bons exemplos nesta área: A Gol permitiu que profissionais da saúde viajassem gratuitamente. A Hering fabricou uniformes e máscaras para equipes médicas. A Ypê produziu e distribuiu álcool em gel para entidades de saúde. Os bancos Santander, Itaú e Bradesco, juntos importaram 5 milhões de testes rápidos para detectar o Coronavírus. A Magazine Luiza doou R$10 milhões para o tratamento e o suporte às vítimas da Covid-19.


“Mas minha empresa é pequena, o que posso fazer? Não tenho como realizar ações dessa magnitude!” Ainda que sua empresa seja pequena (ou mesmo uma micro empresa) ela pode tomar uma série de ações simples, porém eficazes, como:

Implementar home office, ser mais exigente nos cuidados com a higienização da empresa, enviar para os clientes informações de fontes seguras sobre como se proteger do vírus, fomentar a economia local comprando de comerciantes e fornecedores locais e, na medida do possível, não demitindo seus colaboradores.


Trabalhar as redes sociais no sentido de fornecer informações úteis a seus clientes e a sociedade em geral. Ter empatia na comunidade em que atua, principalmente apoiando iniciativas que sejam socialmente corretas e responsáveis.


Mas lembre-se: as ações sociais devem ser coerentes com a realidade da empresa e da comunidade! Elas precisam ser verdadeiras para surtirem efeito. Não basta fazer uma ação social, é fundamental que essa ação não seja uma simples “jogada de marketing”. Mas que seja uma atitude verdadeira e faça parte da personalidade da empresa.


Com essas medidas, com certeza a sua empresa se destacará e se fortalecerá nesse momento delicado. Vamos juntos!




Paulo Abrantes

Executivo sênior com mais de 20 anos de experiência nas áreas de Comunicação, Marketing e Negócios. Professor universitário. Em julho de 2020 foi convidado pelo Ministro da Educação para compor sua equipe ministerial.


13 views0 comments