Liderança na prática

Em um ambiente de negócios cada vez mais competitivo, a figura do líder nunca foi tão importante quanto agora.




Muitos executivos e empreendedores mesmo possuindo currículos invejáveis não conseguem orientar de forma assertiva suas equipes. São metas mal definidas, baixa produtividade, equipes desmotivadas, responsabilidades equivocadas, falta de comunicação, falta de acompanhamento ou feedback das tarefas e por aí vai! O motivo? Falta de liderança genuína!


Mas o que é liderança? Como ela é moldada? O que diferencia um líder de um simples chefe? Talvez o melhor caminho para definirmos o que é liderança seja imaginá-la como a competência que permite a uma pessoa influenciar positivamente a atitude de outras. E mais eficiente se torna esta liderança quando ela é inspirada por atitudes, muito mais do que por palavras. A palavra convence, o exemplo arrasta!


Liderar diz respeito a capacidade de guiar uma equipe pelo melhor caminho, obtendo de cada elemento do grupo a melhor performance possível. É não se conformar com posturas pequenas e fazer aflorar o melhor de cada um! Abraham Lincoln dizia que o líder é aquele capaz de desenvolver habilidades extraordinárias em pessoas comuns.


Líder x Chefe


Existe um grande equívoco quando igualamos um chefe a um líder. Nem todo chefe é um líder (na realidade poucos são), mas muitos líderes são chefes! E é de fato impressionante a quantidade de pessoas em cargos de chefia, tanto na iniciativa privada quanto na pública, que não possuem as mínimas condições para exercerem liderança sobre seus comandados. Muitos destes “líderes” foram alçados a esta condição, não por esforço ou mérito próprio, mas por indicações políticas ou por simplesmente possuírem o famoso “QI - quem indica” e, principalmente, quando a indicação vem de cima.


Os RHs das empresas até por autopreservação acabam muitas vezes fazendo vista grossa e permitindo que pessoas não qualificadas assumam posições de liderança, o que de fato é lamentável. São muitos chefes, porém, raríssimos líderes de verdade!


O líder procura conhecer sua equipe identificando pontos fortes e pontos fracos em cada elemento e, desta forma, busca aperfeiçoar os pontos fortes e minimizar os pontos fracos, tirando o melhor de cada um. É como um técnico de futebol que procura aproveitar ao máximo as habilidades de cada jogador! Já imaginou se o Tite resolvesse colocar o Neymar para jogar no gol? Seria um fiasco total pois por mais que ele se esforçasse não teria uma boa performance. O líder necessita identificar a melhor área de atuação de cada membro da equipe e lapidar esta habilidade o máximo possível. O líder acompanha, o chefe fiscaliza. O líder orienta, o chefe manda. O líder incentiva, o chefe ameaça. O líder diz: “vamos lá”, o chefe diz: “vai lá”. Já no antigo testamento a Bíblia sagrada trazia um importante conselho:

“Escolham homens sábios, criteriosos e experientes, segundo as vossas tribos, e eu os porei como cabeças sobre vós.” - Deuteronômio 1:13.

Grandes líderes sabem como se comunicar da melhor forma com seus liderados, conseguem motivar a equipe a dar o seu melhor, sabem como melhor delegar e acompanhar o trabalho a ser realizado e fomentam o pensamento estratégico.


Não é preciso ser CEO de uma grande empresa para ser um líder. Mesmo em uma pequena empresa, ou numa atividade voluntária, ou ainda em um trabalho de faculdade, você pode exercer a liderança e motivar pessoas a darem o seu melhor aprimorando suas habilidades e competências.



A importância da liderança na vida pessoal e profissional das pessoas


A partir do momento que o líder aprimora seu autodesenvolvimento e seu crescimento pessoal, automaticamente uma série de benefícios são agregados, como por exemplo:


  • Maior autocontrole, autoestima e confiança;

  • Melhora nos relacionamentos tanto pessoal quanto interpessoal;

  • Maior capacidade de resiliência diante dos problemas;

  • Melhora da intuição, pois a percepção se torna mais aguçada;

  • Melhora a capacidade criativa e a inovação;

  • Melhora na capacidade de comunicação.


Com todos estes benefícios, fica muito mais fácil que ele faça de si próprio o protagonista da sua vida. E se a sua liderança for alta o suficiente, ele consegue fazer o mesmo na vida de seus liderados.


E, ainda que algo dê errado, o líder logo se questiona: “o que posso fazer para mudar esta situação?”. É esta postura assertiva que possibilita os verdadeiros líderes a fazerem a diferença na sociedade.



​07 passos para lapidar em você as características de um líder:

1. Aprenda a escutar

Escute diversos pontos de vista antes de tomar uma decisão. Analise o que está sendo dito, a forma, o conteúdo, pondere os prós e contras de cada tarefa. Lembre-se de um velho ditado que diz que um problema bem definido já representa 50% da solução.


2. Chame para si a responsabilidade

O líder tem que chamar para si a responsabilidade de algum fracasso da equipe, ainda que a “culpa” não seja sua. Dessa forma, ele deixa claro para a equipe que ele “está junto” e que a equipe pode contar com ele!


3. Respeite a todos igualmente

Trate a todos igualmente independentemente se é a moça da limpeza ou o presidente, todos merecem respeito e dignidade no tratamento e na educação. É fundamental se comunicar com todos de igual para igual, independentemente da posição hierárquica. Reconheça um trabalho bem feito e elogie o bom desempenho sempre que possível. Por último, mas não menos importante, dê ouvidos à opinião dos outros mesmo que você não concorde com ela.

4. Haja com humildade

Dar o exemplo de humildade em cada ação é uma atitude nobre. Lembre-se das palavras do maior líder de todos os tempos, Jesus Cristo: “Bem aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus” - Mateus 5:3.


5. Saiba priorizar suas atividades

Demandas surgem a todo instante. Podem vir aparecer nos momentos mais inoportunos. Portanto, é fundamental que saibamos priorizar as atividades, entendendo quais são urgentes, têm de ser atacadas imediatamente e quais podem ser resolvidas mais tarde!


6. Crie um ambiente de harmonia

Um ambiente onde a cooperação reina é um ambiente criativo, produtivo, muito saudável para que os colaboradores possam dar o seu melhor, exercer seus melhores dons e, claro, é uma excelente oportunidade para que a liderança aflore com mais facilidade.

7. Foque no desenvolvimento da equipe

Um bom líder não apenas busca seu desenvolvimento pessoal, mas também procura desenvolver as habilidades da sua equipe. Quanto mais preparada for a equipe, melhor fluirá o trabalho de todos e, consequentemente, maior a satisfação geral. Isso gera um ciclo virtuoso de aprendizagem, crescimento e resultado que se retroalimenta.


 

Paulo Abrantes

Executivo sênior com mais de 20 anos de experiência nas áreas de Comunicação, Marketing e Negócios. Professor universitário.

abrantes_paulo@yahoo.com.br

7 views0 comments

Recent Posts

See All