top of page

Cientista cristão Adauto Lourenço falece aos 66 anos

Defensor do criacionismo e da harmonia entre fé e ciência, seu legado perdurará.

Foto; Reprodução CIEB


O respeitado cientista cristão brasileiro, Adauto Lourenço, de 66 anos, nos deixou após um infarto ocorrido na semana passada.


Reconhecido internacionalmente por sua defesa do criacionismo e por sua habilidade em conciliar fé e ciência, Professor Adauto impactou vidas através de palestras e aulas tanto no Brasil quanto no exterior.

 

Adauto construiu uma sólida carreira acadêmica, obtendo bacharelado e mestrado em Física nos Estados Unidos, além de realizar pesquisas na Alemanha. Ele também foi autor de obras influentes, como "A Igreja e o Criacionismo" e "Gênesis 1 & 2".

 

Durante anos, Lourenço foi reconhecido como um evolucionista teísta, que busca conciliar a criação divina com a teoria da evolução. Entretanto, há duas décadas, ele mudou para o criacionismo, motivado não por uma conversão, mas pela abundância de evidências científicas que o persuadiram.


Em suas palavras, Adauto Lourenço expressou a importância da harmonia entre ciência e fé:

"A ciência não é contra a Bíblia, mas posicionamentos científicos sim. Ciência é conhecimento. Não é a ciência que não acredita em Deus, são os cientistas que não acreditam em Deus”.


Ele também enfatizou:

“Toda a ciência devidamente estabelecida e toda a Bíblia corretamente interpretada, nunca entrarão em contradição”.

 

Neste momento de dor, expressamos nossas sinceras condolências à esposa de Adauto, Sueli, suas três filhas, familiares e amigos. Que Deus possa confortá-los e fortalecê-los neste momento difícil.

 

Celebramos a vida de Adauto, marcada por sua dedicação ao ensino, à ciência e à fé. Sua ausência será profundamente sentida, mas seu legado como pioneiro permanecerá vivo.

17 views0 comments

Comments


bottom of page